Confins do Universo 112 - É guerra! Quadrinhos no front!
OUÇA
Matérias

Depois de lançar revistas mix, CrossGen anuncia novo formato

19 setembro 2002

CrossGenA CrossGen Comics continua procurando alternativas para expandir sua linha de quadrinhos e atrair novos fãs. E cada vez mais suas publicações ficam familiares para os leitores brasileiros.

Depois de lançarem as séries mensais Forge e Edge, com 224 páginas e sete ou oito histórias por número, juntando aventuras de diferentes revistas da editora, a CrossGen resolveu diminuir o formato desses títulos, trocando o tradicional formato americano por um do mesmo tamanho das publicações da Mythos Editora.

A mudança acontece a partir do número 9, em dezembro. As revistas terão 192 páginas, e custarão US$ 7,95.

Edge"Com esse tamanho e preço menores, em comparação com as encadernações tradicionais, teremos um melhor custo-benefício, e as edições são mais confortáveis para o manuseio do leitor. Forge e Edge continuam sendo as mais baratas do mercado, com os leitores podendo adquirir o equivalente a sete ou oito revistas normais por um valor menor do que se comprasse três individuais", diz o comunicado da editora.

"O novo tamanho torna mais fácil carregar, transportar e ler as revistas, e a durabilidade é maior", garante.

A decisão de mudar o formato das publicações aconteceu na Itália. "Desde os primeiros dias da CrossGen, sempre houve o desejo em tentar diferentes formatos, e a idéia de tentar algo menor sempre esteve conosco, mas resistíamos", explica o presidente da editora, Mark Alessi. "Pensávamos que essa diminuição poderia comprometer a arte e a qualidade de produção, no que sempre tivemos ótima reputação. Então, recebemos um pacote da Lexy Productions, nossa licenciante italiana, que publica todos nossos títulos por lá".

"Era incrível", surpreendeu-se. "Eles publicaram algumas de nossas histórias nesse formato, e a qualidade nos impressionou. Não acreditamos que as tecnologias de impressão tinham evoluído a ponto de pegar artes complexas como as nossas e imprimi-las nesse tamanho, mantendo os detalhes e as cores. A partir daí, soubemos que tínhamos que investigar isso".

"Chegamos à conclusão que poderíamos publicar nesse tamanho reduzido, diminuindo os gastos que podem ser repassados para os leitores, sem prejudicar a qualidade que a CrossGen sempre teve", resumiu Alessi.

Já são mais de 470 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA