Confins do Universo 112 - É guerra! Quadrinhos no front!
OUÇA
Matérias

Falência: Chaos! Comics fecha as portas

30 agosto 2002

Chaos! ComicsA editora americana Chaos! Comics anunciou estar encerrando suas operações, por não ter conseguido honrar seus compromissos financeiros, o que gerou muitos prejuízos nos últimos tempos. Trocando em miúdos, a Chaos! faliu.

A informação foi confirmada pelo diretor de operações Adam Goldfine. "Não era justo para nós continuar com os gastos. Paramos de fazer promessas que sabíamos não poder cumprir", disse.

Esses problemas já haviam sido percebidos por pessoas do meio, como Brian Miller, fundador da empresa de coloração Hi-Fi, que fazia trabalhos para a Chaos!. "Começamos a selecionar o número de títulos que fazíamos para eles por volta de outubro de 2001, devido aos freqüentes atrasos de pagamentos", revelou. "Terminamos nossa relação profissional em fevereiro deste ano, por temer que algo assim pudesse acontecer".

Bad Kitty #1, título da Chaos! publicado no Brasil pela Atlantis"Pessoalmente, estou desapontado com a editora. Eles continuaram usando as pessoas até o fim, dizendo que tudo estava melhorando", criticou. A Chaos! contava com desenhistas brasileiros, que também estão com os pagamentos atrasados.

Segundo o editor Brian Pulido, um dos motivos para a "quebra" foi a queda nas vendas, que ocasionaram seguidos prejuízos desde novembro de 2001.

Os recursos restantes da editora serão usados para pagar aos empregados, e o futuro dos personagens ainda é uma incógnita.

Chastity #1A Chaos! Comics foi fundada em novembro de 1992, e era uma das principais editoras independentes do mercado de quadrinhos dos Estados Unidos. Este ano comemoraria 10 anos de criação. O primeiro lançamento foi Evil Ernie: The Resurrection #1, em junho de 1993, e Lady Death #1 chegou às comics shops em fevereiro de 1994.

O que aconteceu agora com a editora é diferente da crise que a Marvel teve há alguns anos. A "Casa das Idéias" pediu concordata como proteção para se reorganizar, já a Chaos! fechará as portas.

As revistas mais conhecidas da editora eram uma mistura de terror com heroínas sensuais, como Lady Death (sua principal revista, que estava sendo adaptada para um filme no cinema, e cujo futuro agora é incerto), Chastity e Bad Kitty.

Esses três títulos chegaram a ser publicados no Brasil pela Editora Atlantis, mas duraram poucos meses.

Lady Death

Já são mais de 470 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA