Confins do Universo 112 - É guerra! Quadrinhos no front!
OUÇA
Matérias

Top Shelf lança trabalhos perdidos de Alan Moore

26 setembro 2002

Mirror of Love, de Alan MooreTrês dos mais importantes trabalhos de Alan Moore que estavam "perdidos" serão relançados em novas edições pela Top Shelf: Lost Girls, Voice of the Fire e The Mirror of Love.

Lost Girls é uma graphic novel erótica pintada por Melinda Gebbie, que será completada 12 anos depois de ter começado. Somente 56 páginas das 240 foram publicadas. A história usa o mesmo conceito de As Aventuras da Liga Extraordinária, mas com fins diferentes.

O autor usa três personagens literários - Dorothy, Alice e Wendy - com mais idade, e as coloca num hotel na Áustria para ter aventuras eróticas. A trama se passa pouco antes da Primeira Guerra Mundial, misturando história européia, alusões literárias e um mundo de sonhos de sexo e fantasia.

Mirror of Love, de Alan MooreVoice of the Fire e The Mirror of Love são dois romances de Moore, com ilustrações de Jose Villarubia. O primeiro é inédito nos Estados Unidos, enquanto o segundo, que fala sobre amor entre homossexuais, ganhará uma nova versão.

"Alan começou três grandes projetos quando deixou a DC. Do Inferno, Big Numbers e Lost Girls. Do Inferno (publicado no Brasil pela Via Lettera) foi completado, e é de importância histórica ver Lost Girls finalizado", declarou o editor Chris Staros.

O contato do editor com Alan Moore aconteceu anos atrás, quando descobriu que, mesmo sem ter editora, o autor e Gebbie ainda estavam trabalhando em Lost Girls. "Eles já estavam na página 170", surpreendeu-se.

Mirror of Love, de Alan MooreVoice of the Fire foi publicado originalmente em 1996, na Inglaterra, pela editora Gollancz, que já não existe mais. "É tão ambicioso e intenso quanto qualquer trabalho dele para os quadrinhos", comparou Staros. "Traça o desenvolvimento da língua inglesa ao longo de 5 mil anos de história. Cada capítulo ressuscita uma voz do passado". O lançamento terá ainda uma introdução feita por Neil Gaiman.

A Top Shelf lançará ainda o conto Cobweb, que sairia originalmente na revista Tomorrow Stories # 8, e apresentava referências ao autor de ficção científica L. Ron Hubbard e ao escritor e ocultista John Whiteside Parsons. A DC já havia publicado uma história com essas menções antes, no álbum Big Book of Conspiracies, escrito por Doug Moench e ilustrado por Rick Geary.

Entretanto, a história da Top Shelf conterá pequenas modificações, como nomes e alguns desenhos. "Tiramos alguns símbolos e modificamos as máscaras", revelou o editor.

Já são mais de 470 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA