Confins do Universo 118 - Soltando os bichos!
OUÇA
Notícias

Casterman lança edição colorida de A Febre de Urbicanda

16 novembro 2020

A editora Casterman está relançando A Febre de Urbicanda (La Fièvre d’Urbicande), um dos episódios clássicos da série Cidades Obscuras, de Benoît Peeters e François Schuiten.

Essa é a primeira versão colorida da obra, trabalho que ficou sob responsabilidade do belga Jack Durieux.

Lançada originalmente em 1983, em preto e branco na revista À Suivre, e como um álbum em 1984, A Febre de Urbicanda foi premiada como melhor álbum no Festival de Angoulême, em 1985. Curiosamente, a história foi planejada para ser colorida, mas isso acabou não acontecendo.

Num mundo onde os "urbatectos" - urbatecte, em francês - são visionários indispensáveis e a arquitetura é a força motriz da sociedade, Eugen Robick está insatisfeito com o governo de Urbicanda.

A Comissão da Instância Superior recusa-se a construir uma ponte, sem a qual o equilíbrio urbano de Urbicanda está ameaçado. É nesse contexto, que surge no escritório do urbatecto uma estrutura cúbica, feita de um metal desconhecido e indestrutível, que repentinamente começa a se expandir.

A versão portuguesa de A Febre de Urbicanda, da Edições 70, foi distribuída no Brasil na década de 1980.

La Fièvre D'Urbicande

La Fièvre D'Urbicande

Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA