Confins do Universo 112 - É guerra! Quadrinhos no front!
OUÇA
Notícias

Conan da Glénat chegará ao Brasil em setembro

5 fevereiro 2018

Depois de produzir histórias inéditas dos personagens Disney com muito êxito, a editora francesa Glénat quer repetir o sucesso com Conan. As primeiras edições chegarão às livrarias da França a partir de maio (saiba mais aqui).

As graphic novels da Glénat trarão uma nova interpretação do trabalho de Robert E. Howard, criador do bárbaro. O objetivo das equipes criativas é inovar, sem desrespeitar os contos originais do autor, impondo suas próprias visões de um personagem cuja imagem é muitas vezes limitada à de um colosso de músculos.

Cada álbum terá uma história autocontida em duas versões: uma com 64 páginas em preto e branco, no formato 27,5 x 36,8 cm (€ 29,50), e outra com 72 páginas coloridas no formato 24 x 32 cm (€ 14,95), acompanhadas por um making of com ilustrações dos personagens pelos principais autores internacionais e um texto assinado por Patrice Louinet, especialista da obra de Howard.

A coleção deve ter cerca de 15 graphic novels.

Como o Universo HQ noticiou, a Mythos Editora trará este material para o Brasil e está apenas aguardando o fechamento do contrato para iniciar a produção, que deve sair no selo Gold Edition, o mesmo em que foi publicado Elric. A primeira edição está programada para setembro deste ano.

Conan - O Colosso NegroPágina de Conan - O Colosso Negro

De acordo com o editor Júlio Monteiro de Oliveira, a editora estuda a possibilidade de lançar volumes reunindo dois álbuns originais. Se isso acontecer, haverá tiragens com duas capas. “Escolher uma só implicaria em menosprezar uma das equipes criativas, e a Glénat não permitiu isso”, destaca.

A primeira edição poderá trazer O Colosso Negro, com roteiro de Vincent Brugeas e arte de Ronan Toulhoate; e Além do Rio Negro, escrito por Mathieu Gabella e ilustrado por Anthony Jean.

A Rainha da Costa Negra (texto de Jean-David Morvan e desenhos de Pierre Alary) tem um traço mais cartunesco e tememos não agradar aos fãs mais puristas. Esta história deve ser publicada posteriormente”, pondera Júlio. “Pensamos seriamente em fazer volumes individuais, mas como a edição de setembro tem uma arte mais próxima de O Colosso Negro, ainda estamos estudando esta alternativa."

Conan foi criado em 1932 por Robert E. Howard, e seus contos eram publicados na revista Weird Tales. Mas foi em 1968, com o lançamento de livros de bolso com capas ilustradas por Frank Frazetta, que o cimério realmente chegou ao sucesso. Os contos foram adaptados para quadrinhos dois anos depois e, em seguida, para o cinema e televisão.

Nascido na Ciméria, o imponente guerreiro viaja por terras selvagens, encontra outros povos, enfrenta criaturas malignas, luta contra tiranos e cruza o caminho de belas mulheres.

Conan - A Rainha da Costa NegraPáginas de Conan - A Rainha da Costa Negra

Já são mais de 470 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA