Confins do Universo 112 - É guerra! Quadrinhos no front!
OUÇA
Notícias

Zack Snyder comenta polêmicas de Batman vs. Superman

6 março 2014

Zack SnyderZack Snyder é produtor executivo de 300 – A Ascensão do Império, que estreia esta semana e dá continuidade aos eventos de 300 (2007). Para promover o lançamento, ele deu uma série de entrevistas, e obviamente foi perguntado a respeito das notícias de Batman vs. Superman (título provisório), e as polêmicas que envolvem o projeto, principalmente no elenco.

As escolhas de Ben Affleck como Bruce Wayne/Batman, Gal Gadot como Mulher-Maravilha e Jesse Eisenberg como Lex Luthor foram alguns dos assuntos abordados pelo jornal Los Angeles Times.

“Começaremos a filmar em um mês, e será ótimo. Estou muito animado”, disse o diretor. “É muito divertido entrar nesse mundo com diferentes super-heróis coexistindo no mesmo universo. Como fã, é uma oportunidade incrível. Superman e Batman nunca se encontraram no cinema, então é algo historicamente interessante. Estávamos testando os uniformes, lado a lado. Só de vê-los juntos, mesmo sem os atores vestindo-os, tivemos que tirar fotos para guardar. Isso nunca aconteceu.”

Ele também comentou as polêmicas. “Há duas maneiras de ver isso. Nós conhecemos o material. Infelizmente, os fãs não. Estamos escalando atores de acordo com o que acontece na história, e esperamos que isso traga originalidade e perspectiva ao que estamos fazendo. Conheço o cânone desses personagens. Não sou maluco. Sei do que eles precisam do ponto de vista mitológico. Acho que Jesse será um excelente Lex Luthor, não vamos esquecer que ele já foi indicado ao Oscar. Não estou aqui escolhendo alguém porque é um amigo meu”, ponderou.

“Vendo todos os comentários que surgiram, se tem uma perspectiva diferente. Algumas pessoas estão reclamando por reclamar. Outras fizeram manipulações com fotografias, e uns viram potencial. É reconfortante e frustrante ao mesmo tempo”, admite.

De acordo com Snyder, eles pegarão os mundos do Superman e Batman e os explorarão. “Não estamos tão presos à mitologia. Em O Homem de Aço, tivemos que criar uma origem, uma mitologia, e dedicamos muita energia a isso, o que é ótimo. Mas agora que temos esses personagens, vamos soltá-los. Isso é divertido”, finalizou.

Já o figurinista Michael Wilkinson falou sobre retratar a Mulher-Maravilha nas telas, dando indicações do que podemos esperar dela no longa-metragem.

“É muito importante mostrá-la corretamente. Ela merece ser apresentada em toda a sua glória. O que fiz foi pesquisar a história de como a personagem já foi retratada nas mais diferentes mídias, como televisão, revistas mensais e graphic novels. Processamos tudo isso e trabalhamos no que é certo para o filme, para esse universo cinematográfico que Zack Snyder está montando. Tentamos e criamos uma Mulher-Maravilha que é relevante para o público de hoje”, explicou.

“Veja os gladiadores da Roma antiga, e como lutavam com pouca vestimenta e um escudo. Funcionou para Thor, e funcionou para 300. Vamos ver como ela ficará”, resumiu.

Já são mais de 470 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA