Confins do Universo 117 - Dissecando The Walking Dead
OUÇA
Reviews

A ESPADA SELVAGEM DE CONAN # 200

1 dezembro 2001

A Espada Selvagem de Conan #200Título: A ESPADA SELVAGEM DE CONAN # 200 (Editora Abril) - Revista mensal

Autores: Roy Thomas (texto), Barry Windsor-Smith (lápis) e Sal Buscema (nanquim).

Preço: R$ 3,00

Data de lançamento: Julho de 2001

Sinopse: O Jardim do Medo - Conan e Jenna, fugindo das autoridades coríntias, são atacados por selvagens das colinas próximas, mas logo passam a se entender. Na aldeia, ela é raptada por uma criatura alada. O cimério, claro, parte em seu encalço, atravessando lagos e jardins até encontrar uma fantástica torre, onde avista o ser alado, algoz de Jenna. Conan consegue subir e enfrentar o inimigo numa luta desigual na abóbada da torre.

A Ira de Anu - Conan e Jenna chegam finalmente a uma cidade. Após um previsível desentendimento com a lei, o bárbaro reencontra seu companheiro na aventura em Lanjau (Burgun, o capitão de Os Guardiões da Cripta), que agora se tornara ladrão. Após roubarem o Sacerdote Vermelho, eles são traídos pelo empregador de Burgun, que acaba preso. Frustrado por não poder salvar o amigo de um enforcamento, o cimério busca matar o traidor, um sacerdote de Anum, mas antes tem que enfrentar o próprio deus-touro. Magia e traição pairam até o fim da aventura.

Positivo/Negativo: As duas histórias apresentadas são de boa qualidade para qualquer outra edição, menos para a ESC 200! Faltou uma aventura memorável, algo fora dos padrões atuais da revista.

Deram um tratamento especial apenas para a capa e contra-capa, que nem destacáveis são. Assim, teria sido melhor um pôster! Algo especial para comemorarmos uma edição tão aguardada. Foi uma pena o pouco caso que fizeram para este número. Não se pode desmerecer as histórias de Thomas e Smith, mas a Abril está devendo... e muito!

Classificação:

4,0

Leia também
Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA