Confins do Universo 112 - É guerra! Quadrinhos no front!
OUÇA
Reviews

Descender – Volume 1 – Tin Stars

20 dezembro 2019

Descender – Volume 1 – Tin StarsEditora: Image – Edição especial

Autores: Jeff Lemire (roteiro) e Dustin Nguyen (arte) – Publicada originalmente em Descender # 1 a # 6.

Preço: US$ 9,99

Número de páginas: 160

Data de lançamento: Setembro de 2015

Sinopse

O ataque de robôs gigantes aos planetas da UGC (United Galactic Council) dizimou grande parte da população da galáxia e criou um sentimento de ódio às inteligências artificiais.

Dez anos depois, o robô Tim-21 desperta em uma colônia de mineração esquecida e precisa sobreviver em um universo onde máquinas são caçadas e perigos estão espalhados por todos os planetas.

Positivo/Negativo

O conflito entre robôs e humanos é um tema recorrente nas histórias de ficção científica. Em Descender, Jeff Lemire usa esse conceito e seus clichês como base para criar uma trama original e repleta de possibilidades.

Neste primeiro volume, o canadense faz o trabalho pesado de estabelecer um novo universo e fica claro que ele e Dustin Nguyen levaram a sério a decisão de criar uma galáxia que estivesse cheia de vida.

Cada planeta tem um visual único, da mina lunar, onde Tim acorda, a Niyrata, a capital da UGC, o equivalente a Federação de Star Trek nessa galáxia. O mesmo vale para as diversas facções que vão sendo introduzidas em cada edição. Esse é um universo que, mesmo nesse primeiro arco, já é cheio de histórias e conflitos que o leitor vai aos poucos conhecendo.

Assim como em vários dos seus outros trabalhos, Lemire joga o leitor no meio de um novo mundo e, enquanto vai introduzindo as regras desse universo, vai criando intrigas e mistérios, o que faz com que a história não perca ritmo em seus momentos mais expositivos.

Há muito mais na trama do que o mostrado nas páginas e pequenos detalhes do mundo e as trajetórias dos personagens contribuem para o mistério.

Seja em uma pequena cidade no interior do Canadá ou nos confins de uma galáxia distante, as tramas de Lemire sempre são focadas nos dramas dos seus personagens. Aqui não é diferente. Todos são complexos e carregam dramas e conflitos internos que vão aos poucos sendo revelados.

Neste primeiro arco, é mostrado o passado de Tim-21 e do Dr. Quon. Lemire integra os dois flashbacks à trama de forma que a narrativa se mantenha orgânica e mostrando como o passado de cada um definiu quem eles são agora.

Tim-21, o robô protagonista da série, tem muito em comum com outro personagem criado pelo autor, Gus, o protagonista de Sweet Tooth (publicada no Brasil pela Panini). Os dois representam uma inocência perdida em um mundo cheio de medo, ódio e violência, esse lado mais puro dos personagens serve como guia moral das histórias.

Mesmo evitando lugares-comuns, a narrativa não deixa de explorar uma questão tradicional nas tramas de “homens versus máquinas”: em que ponto a vida artificial deixa de ser uma coisa e se torna um ser?

Os robôs de Descender são conscientes sobre suas próprias naturezas, Tim sabe que foi programado para ser empático, o que facilitaria sua adaptação como androide de companhia.

A arte de Nguyen é um show à parte. A escolha da aquarela não é o esperado para uma história que tem como ponto central a tecnologia, mas funciona perfeitamente. Dependendo do artista, aventuras desse tipo podem parecer frias e estéreis, mas Nguyen opta por dar um visual mais orgânico e cheio de vida. Ele encontra um equilíbrio entre a aquarela para estabelecer o clima e a identidade desse universo, sem perder nos detalhes, especialmente nos robôs, dos colossais Harvesters a Tim. Não é à toa que ele ganhou o Eisner de 2016 de Melhor Desenhista.

Tin Stars é um ótimo e belo começo para uma série de ficção científica. Lemire distribui as informações e enigmas, ao mesmo tempo em que vai progressivamente aumentando a tensão da trama. Com uma arte que apresenta uma estética belíssima.

Descender foi publicado neste ano de 2019 no Brasil pela editora Intrínseca o primeiro volume, Descender – Estrelas de lata, já está disponível nas livrarias.

Classificação:

4,0

.

Compre este quadrinho aqui!

Leia também
Já são mais de 470 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA