Confins do Universo 112 - É guerra! Quadrinhos no front!
OUÇA
Reviews

J. KENDALL – AS AVENTURAS DE UMA CRIMINÓLOGA # 57

26 agosto 2009

Autores: Giancarlo Berardi e Maurizio Mantero (roteiro) e Enio (desenhos).

Preço: R$ 8,90

Número de páginas: 128

Data de lançamento: Agosto de 2009

Sinopse: Os guerreiros - Em uma partida de Air soft, um jogo de estratégia no qual os participantes simulam uma batalha, um dos participantes é morto. Julia Kendall tentará descobrir que é o assassino.

Positivo/Negativo: J. Kendall - As aventuras de uma criminóloga, definitivamente, é uma revista diferente.

Será que é por ser pequena, em preto e branco, com papel ruim? Mas existem muitas revistas com essas características físicas no Brasil; os mangás, por exemplo.

Então, será o fato de ser uma revista criada na Itália, de arte realista, com cronologia razoavelmente solta? Não deve ser isso, pois todos os títulos da linha Bonelli, publicadas pela Mythos, são assim.

A revista que narra as aventuras de Julia é diferente por ser escrita por uma dupla de roteiristas e por ter desenhistas rotativos? Por ser mensal?

Quando se vê tantos elementos que distanciam essa revista de um luxuoso álbum especial, parece que não vai ser possível competir.

Mas é aí que J. Kendall é diferente. Mesmo com as edições sendo publicadas mês a mês, não há prejuízo no nível das tramas: elas se mantêm entre muito boas e excelentes.

É nisso que esta publicação é diferente das demais revistas mensais: em seu alto padrão.

Nesta edição, o enredo é de uma história policial clássica. Todos os elementos estão aqui: um assassinato logo no começo, um local fechado, alguns suspeitos e um desfecho inusitado.

Mas, mesmo com todos os elementos conhecidos, é uma trama diferente, com algumas particularidades.

O elemento humano é fundamental. As motivações dos personagens envolvidos não apontam para um estereótipo, mas sim para figuras bem construídas e desenvolvidas.

O ritmo da história e o cenário em que ela se inicia, o modo como se resolve, tudo isso é muito particular. Tudo isso torna a revista diferente.

Mas, mesmo com tantas diferenças, ela se destina ao mesmo leitor: o apreciador de boas tramas.

 

Classificação:

4,0

Leia também
Já são mais de 470 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA