Confins do Universo 115 - Neil Gaiman, um sonhador de histórias
OUÇA
Reviews

J. KENDALL – AS AVENTURAS DE UMA CRIMINÓLOGA # 58

26 agosto 2009


Autores: Giancarlo Berardi (argumento), Giancarlo Berardi, Giuseppe de Nardo e Lorenzo Calza (roteiro) e Mario Jannì (desenhos).

Preço: R$ 8,90

Número de páginas: 128

Data de lançamento: Setembro de 2009

Sinopse: A cidade escura (Julia # 58) - Um policial é assassinado. O departamento de polícia, com a ajuda de Júlia Kendall, está empenhado em encontrar o assassino. Ao mesmo tempo, estoura uma guerra entre as famílias mafiosas de Garden City.

Positivo/Negativo: Vamos lá: J. Kendall - Aventuras de uma criminóloga é novamente destaque entre as revistas mensais nas bancas brasileiras.

O padrão da arte se mantém constante, apesar de variar os desenhistas todos os meses. Uma estética realista e detalhista, com os fundos de quadro bem definidos, personagens reconhecíveis pelo rosto, sem dentes cerrados.

O roteiro, normalmente feito em parceria entre Giancarlo Berardi e outros colaboradores, é extremamente bem amarrado, com desenvolvimento dos personagens, muito suspense e ritmo adequado.

Esta edição de J. Kendall - as aventuras de uma criminóloga traz uma ótima sequência de ação. Uma troca de tiros entre policiais e um suspeito. A cena é muito bem executada, tanto do ponto de vista da arte, que cria a movimentação necessária, quanto do roteiro, pois as reações dos personagens não são super-humanas, pelo contrário.

Nessa sequência é possível ver ódio, tensão e medo nas faces dos personagens envolvidos. A sutileza continua sendo uma marca da revista mesmo em cenas de maior movimento com essa.

Sutileza que também se percebe na estrutura de criação de suspense da história. Logo nas primeiras páginas, Júlia e Emily ficam assustadas ao ouvir a televisão que aparentemente ligou sozinha. Ao chegarem à sala descobrem se tratar de Toni - a gata de estimação da criminóloga -, que brinca com o controle remoto.

Isso vai ser importante para que, mais tarde, quando Júlia receber uma visita inesperada no meio da noite, o leitor atribua o ocorrido, em um primeiro momento, a outra traquinagem de Toni. Quando se revela a verdade, o efeito é de surpresa.

Com mistério, suspense e sutilezas se constrói uma narrativa deliciosa, que, como é típico nos argumentos de Berardi, traz uma surpresa final.

 

Classificação:

4,0

Leia também
Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA