Confins do Universo 126 - Dando cores aos quadrinhos
OUÇA
Reviews

MARVEL ACTION # 30

8 setembro 2009


Autores: Hulk - A arma do crime (HQ originalmente publicada em The Hulk # 2) - Jeph Loeb (roteiro), Ed McGuinness (arte), Dexter Vines (arte-final) e Jason Keith (cores);

Justiceiro - Retalho (HQ originalmente publicada em Punisher War Journal # 19) - Matt Fraction e Rick Remender (roteiro), Howard Chaykin (arte), Edgar Delgado e Jesus Alburto (cores);

Demolidor - Cruel e incomum (HQ originalmente publicada em Daredevil # 107) - Ed Brubaker e Greg Rucka (roteiro), Michael Lark e Stefano Gaudiano (arte) e Matt Hollingsworth (cores);

Pantera Negra - Conheça Wakanda e morra (HQ originalmente publicada em Black Panther # 40) - Jason Aaron (roteiro), Jefte Palo (arte) e Lee Loughridge (cores).

Preço: R$7,50

Número de páginas: 96

Data de lançamento: Junho de 2009

Sinopse: A arma do crime - A Mulher-Hulk é atacada pelo Hulk Vermelho dentro do aeroporta-aviões da S.H.I.E.L.D. O Homem de Ferro decide, então, colocar um plano de emergência em ação para deter o monstro.

Retalho - Uma verdadeira chacina está acontecendo e a culpa recai sobre o Justiceiro! No entanto, o verdadeiro culpado é o filho de Retalho, Ian. Agora, cabe a Frank arrumar essa bagunça!

Cruel e incomum - Luke Cage pede ajuda a Matt Murdock em um caso complicado: um homem negro confessou que decapitou três crianças e faltam apenas seis dias para ele ser executado pela justiça.

Conheça Wakanda e morra - O Pantera Negra enfrenta um superskrull no mano a mano. Mas o monstro, armado com as habilidades de alguns dos maiores heróis da Terra, é o menor dos problemas de T'Challa...

Positivo/Negativo: Finalmente, o Hulk Vermelho faz sua aparição na minissérie de Jeph Loeb e Ed McGuinness. E que aparição! A primeira pessoa a apanhar é logo Jen, a Mulher-Hulk.

A trama possui um ritmo rápido - as 24 páginas são lidas num piscar de olhos. Por enquanto, Loeb consegue manter o suspense, deixando o leitor ansioso para saber o que acontecerá na próxima edição.

Mas o grande destaque de Hulk Vermelho é a arte de McGuinness, com cenas ocupando páginas duplas e closes no rosto dos personagens. A diagramação é inteligente e contribui para a fluidez da história.

Em Justiceiro, uma sensível melhora. Fraction e Remender criam um roteiro interessante, no qual o Justiceiro se encontra com um assassino serial que utiliza suas roupas e métodos. Longe da boa fase escrita por Garth Ennis, o matador de criminosos da dupla não desaponta como na edição anterior.

A arte de Chaykin, no entanto, continua a feiúra de sempre, mesmo com uma diagramação razoável das páginas. Delgado e Aburto só pioram a situação, criando um ambiente muito colorido, quase alegre, para uma HQ extremamente sanguinolenta.

Demolidor também evolui. Agora, Matt deve salvar um homem que confessou um crime hediondo e está a alguns dias de ser executado. Roteiro, arte e cores merecem destaque. Brubaker mostra do que é capaz e cria um clima de suspense para a próxima edição.

Os desenhos precisos e as cores sombrias só acentuam as qualidades da trama.

A decepção da vez fica por conta da segunda parte de Conheça Wakanda e morra, história criada por Jason Aaron que chegou com tudo na edição anterior. Agora, o Pantera Negra enfrenta um superskrull.

A batalha entre os dois dura quase 20 das 24 páginas da HQ. São rios de sangue até o final cheio de suspense e reviravoltas. É esperar e torcer para que a trama feche com competência. A arte continua interessante, nada além disso.

No balanço geral, a revista manteve o nível da edição anterior.

 

Classificação:

4,0

Leia também
Já são mais de 640 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA