Confins do Universo 123 - Destaques de 2020
OUÇA
Reviews

O Espetacular Homem-Aranha # 7 a # 11 – Caçado

Editora Panini ComicsR$ 11,90 (por edição)88 páginasLançado em Outubro de 2019 a fevereiro de 2020

Nick Spencer (roteiro), Ryan Ottley (desenhos nas edições # 7 e # 11), Humberto Ramos (desenho nas edições # 8 a # 10) e Edgar Delgado (cores) – Originalmente em The Amazing Spider-Man #16 a # 23 (tradução de Mario Luiz C. Barroso).

15 janeiro 2021

Sinopse

Kraven está de volta! Com o auxílio de Arcade, o caçador prepara uma armadilha mortal no centro de Nova York para mostrar ao Amigão da Vizinhança o real significado do que é ser caçado.

Positivo/Negativo

Após transformar o Capitão América em um membro da HYDRA, numa saga que dividiu a opinião dos fãs, o roteirista Nick Spencer ficou incumbido da tarefa de assumir a principal revista do Homem-Aranha após a iniciativa Fresh Start, reformulação feita pela Marvel para atrair novos leitores.

Nas primeiras edições de sua trajetória, Spencer apostou numa pegada clássica para o Cabeça de Teia. Histórias mais contidas, pouco grandiosas, feitas exatamente para mostrá-lo como o herói do bairro.

Contudo, logo veio a demanda para escrever uma trama de mais fôlego, que se estendesse por mais edições. Surgiu assim Caçado, saga que tem o intuito de ser uma sucessora espiritual de A última caçada de Kraven, HQ clássica, lançada em 1987, com roteiros de J.M. DeMatteis e desenhos de Mike Zeck.

Aqui, Kraven está de volta (em uma explicação envolvendo clones) e prepara uma grande armadilha: ele prende todos os vilões do Homem-Aranha no Central Park, junto do herói, e espera que eles lutem até o último sobrevivente.

A saga é divertida, mas apresenta para o leitor situações, cenas e soluções já batidas. Todos os ingredientes – ou clichês – de uma saga estão lá: o plano mirabolante, a abundância de personagens, as grandes sequências de ação, a tentativa (falha) de intervenção por parte de outros heróis e o dispositivo necessário para se virar o jogo.

Embora fãs mais experientes possam torcer o nariz para Homem-Aranha – Caçado, sentindo-se diante de uma reciclagem de velhas histórias, é bem provável que leitores mais novos se divirtam aos baldes.

Spencer fez a aposta de trazer a premissa de Caçado em um momento no qual Fortnite e PUBG são dois dos games mais jogados no mundo por crianças e adolescentes. Ambos trazem uma mecânica conhecida como battle royale, que envolve justamente o posicionamento de muitos jogadores em um mapa, colocando-os em conflito uns com os outros, até o momento em que há um único sobrevivente.

Apesar de Spencer ser um roteirista habilidoso e a própria Marvel ter vendido Caçado como um epílogo de A última caçada de Kraven, o material novo não chega aos pés do original. Não por uma falta de capacidade dos envolvidos ou pelo discurso de "antigamente tudo era melhor", mas pelo simples fato de que a nova saga não tenta, em momento algum, abordar temas ou aspectos presentes na HQ dos anos 1980.

Não há uma discussão existencial ou aprofundamento de qualquer personagem. Spencer mergulha no espetáculo grandiloquente, sem ir além. E está tudo bem. Em momento algum houve qualquer indicação no roteiro de que haveria uma densidade maior na história.

O arco foi todo publicado na revista O espetacular Homem-Aranha, publicada pela Panini. A fase de Spencer teve início justamente quando a editora tomou a decisão de mudar os insumos gráficos dos títulos mensais, colocando neles capa cartão e papel couché no miolo, oferecendo uma experiência de leitura premium. Mas isso também dividiu a opinião dos leitores, dado o reajuste de preço que veio com ela.

Caçado, aos olhos de quem já tem anos ou décadas de experiência, pode ser só mais uma repetição de velhos truques. Mas certamente é um prato cheio para quem está começando a ler agora ou para quem quer embarcar na mesma montanha-russa de sempre, tentando desligar o cérebro por algumas horas – algo que, em tempos como os atuais, é muito bem-vindo.

Classificação:

Leia também
Já são mais de 640 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA