Confins do Universo 112 - É guerra! Quadrinhos no front!
OUÇA
Reviews

SETE SOLDADOS DA VITÓRIA # 7

1 dezembro 2007


Título: SETE SOLDADOS DA VITÓRIA # 7 (Panini
Comics
) - Minissérie em 8 edições

Autores: Rádio Bendlam - Grant Morrison (texto), Freddie Williams II (arte) e Dave McCaig (cores);

Super-Homens esquizóides do Século 21 - Grant Morrison (texto), Yanick Paquette (desenhos), Serge LaPointe (arte-final) e Alex Sinclair (cores);

A água - Grant Morrison (texto), Doug Mahnke (arte) e John Kalisz (cores);

Sabor eterno - Grant Morrison (texto), Freddie Williams II (arte) e Dave McCaig (cores).

Preço: R$ 6,90

Número de páginas: 96

Data de lançamento: Outubro de 2007

Sinopse: Rádio Bendlam - Um novo artista de fugas começa a fazer sucesso: o Barão Bedlam. E Shilo Norman, o Senhor Milagre, tenta reagir, mas descobre que há algo maior por trás do rival.

Super-Homens esquizóides do Século 21 - Projétil vai a uma convenção de super-heróis.

A água - Capturado pela S.O.M.B.R.A., Frankenstein reencontra sua antiga noiva.

Sabor eterno - O Senhor Milagre conhece o que está por trás do Lado Negro e de si mesmo.

Positivo/Negativo: Quando o lendário Jack Kirby chegou à DC Comics e criou os Novos Deuses, Apokolips e o Quarto Mundo, apresentou aos leitores uma parte do extensivamente conhecido universo ficcional da editora um canto que era completamente novo, mas, de certa forma, sempre esteve lá.

Apesar de ser profundamente inovador para os quadrinhos de super-heróis daquele tempo, o Quarto Mundo nasceu com um pé no Universo DC tradicional, aliando-se muitas vezes ao popular coadjuvante Jimmy Olsen e mesmo ao Homem de Aço.

Levou pouco tempo para que os leitores assimilassem Darkseid como um vilão essencial. Mais do que isso: a busca pela Equação Antivida logo se tornou um dos pilares das sagas cósmicas da editora.

As quatro histórias desta penúltima edição de Sete Soldados da Vitória insistem em apontar para seus Jimmies. Desta vez, o fotógrafo sardento do Planeta Diário não está lá. Mas Morrison recheia as tramas com provas de que a história se passa no Universo DC.

Em Senhor Milagre, é explorada a relação dos Novos Deuses com os personagens de Kirby.

Projétil vai a uma convenção de super-heróis que menciona Aquaman e na qual o Gladiador Dourado aparece de relance, entre outros.

E Frankenstein, por sua vez, faz uma citação à Crise Infinita.

A essas alturas, oficializar as relações da minissérie com a DC é uma tarefa fundamental para Morrison. Afinal, como o editor Eddie Berganza adiantou em entrevista ao Universo HQ, a série terá repercussões na saga Final Crisis, prevista para chegar às comic shops norte-americanas no ano que vem.

Por si só, a minissérie tem (e também esconde) força para se impor como uma opção de renovação da DC.

Resta saber, ainda, se o Universo DC conseguirá digerir bem a novidade, que vem com tempero forte e pode afetar o equilíbrio sensível de uma narrativa desequilibrada por conta de manobras cronológicas radicais.

Classificação:

4,0

Leia também
Já são mais de 470 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA