Confins do Universo 206 - X-Men '97: Nostalgia Mutante
OUÇA
Matérias

Editor da Mythos explica os cortes em Terra X

1 dezembro 2001

Em virtude da grande repercussão que a notícia do corte de páginas na mini-série Terra X, o editor da Mythos, Helcio de Carvalho, a convite do Universo HQ, escreveu um texto para explicar suas razões aos leitores. Confira abaixo, na íntegra:

Terra X: cortar ou não cortar, eis a questão

Earth XNós, da Mythos, temos recebido vários e-mails nas últimas semanas comentando o corte de páginas na série Terra X, achamos mais do que justo explicar a você, leitor, o que aconteceu de fato.

Antes de mais nada, quero deixar claro que nós não gostamos e nem somos adeptos da política de corte de páginas. Especificamente no caso de Terra X, foi a melhor maneira que encontramos pra viabilizar a série, já que ela ocupava um grande número de edições no original e, acredite ou não, sem a menor necessidade.

Quem nunca assistiu a um filme que seria espetacular com duas horas de duração, mas que o diretor cismou em deixá-lo com três ou quatro, tornando o roteiro cansativo e diluindo sua força? Acho que todo mundo. Um exemplo típico disso foi Encontro com a Morte (Meet Joe Black), malhado por nove entre dez críticos de cinema por ser loooongo demais e exibido dia 20 de agosto de 2001 pela Rede Globo. Quando terminei de ver o filme, que já havia me feito torcer o nariz quando o assisti no cinema, achei muito bom. Mas, como? Por quê? Foi quando percebi que a Globo havia cortado mais de 20 minutos do original, valorizando a história e tornando o roteiro muito mais palatável.

Foi exatamente o que aconteceu com Terra X. Quem puder ler a saga original e depois comparar com as nossas edições, com toda a certeza vai concordar em gênero, número e grau com o enxugamento de páginas. Isso melhorou - e muito - a história. Nós tivemos o cuidado de preservar tudo que havia de importante nela, eliminando o que estava a mais. Só isso. Não cortamos nenhuma edição por inteiro (nota do UHQ: a informação veiculada na nota sobre os cortes foi passada, erradamente, pela própria Mythos), mas páginas ao longo da série. Como resultado, a história ficou mais ágil, mais concisa, mais contundente e custará menos dinheiro colecioná-la.

Earth XQuando tomamos a decisão de agir de determinada maneira - como fizemos com Terra X - esteja certo de que levamos em conta todos os fatores e conseqüências possíveis, tendo em vista o que seria melhor pra você, leitor. E pro seu bolso. Nossa outra alternativa em relação à Terra X era não publicar a série, o que, eu penso, seria uma judiação. Afinal, a saga é boa - imagine a Terra em um futuro próximo onde todos adquiriram algum tipo de poder! E tem conceito e capas do espetacular Alex Ross. Não dava pra jogar isso fora.

Não tire conclusões precipitadas. Dê um voto de confiança à Terra X. Afinal, não é todo dia que uma epopéia desse porte é oferecida aos leitores brasileiros.

Obrigado a todos que nos enviaram e continuam enviando seus e-mails. Eu adoro receber feedback de leitores que pensam, participam, opinam. Sinta-se à vontade pra me escrever. Na medida do possível, vou estar respondendo cada mensagem pessoalmente.

Por último, continue com a Mythos. Nós temos um caminhão de surpresas preparadas pra você. Vale a pena esperar pra conferir.

Superabraços a todos.

Helcio de Carvalho

Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA