Confins do Universo 204 - Marcelo D'Salete fazendo história (em quadrinhos)
OUÇA
Notícias

Desenhista Howard Porter retorna aos quadrinhos

10 junho 2003

O Coisa, arte de Howard PorterHoward Porter é mais conhecido por ser o desenhista da Liga da Justiça durante a fase em que Grant Morrison reformulou a maior equipe de heróis do Universo DC. Após a saída de Morrison, Porter participou ainda do início da fase de Mark Waid, e logo depois parou de trabalhar na área.

Agora, ele está de volta, fazendo os desenhos do novo arco de histórias - em seis partes - do Quarteto Fantástico, escrito por Waid. Sua primeira edição será Fantastic Four #503, à venda em agosto nas comic shops americanas.

Página de Fantastic Four"Nos últimos três anos, eu trabalhei em Nova York para o banco de investimentos CSFB, fazendo design gráfico, material de marketing, apresentações gráficas e desenvolvimento em internet", revelou o artista.

Ao contrário do que se pode imaginar, segundo ele a decisão de "dar um tempo" nos quadrinhos não foi por diferenças com seus parceiros. "Eu tinha uma boa relação com todos com quem trabalhei, e a DC foi muito boa para mim", disse Porter. "O principal problema foi a minha interação com a sociedade. Quando se está trancado numa sala o dia todo, o único contato com outras pessoas é por telefone. E isso não é o suficiente. Então, encontrei esse emprego, que paga mais e com menos horas de trabalho".

Página de Fantastic FourMas ele sentiu falta de desenhar revistas. Fez uma história de dez páginas de Tellos, que ainda não tem previsão de lançamento, e graças ao amigo Ron Garney (que já desenhou Capitão América, Hulk e X-Men, entre outros), apareceu a oportunidade com o Quarteto Fantástico.

"Um dia fui aos estúdios da Marvel e ele me apresentou a vários editores", relembra. "Consegui o telefone de Andy Schmidt, e ligava continuamente. Disse que se não me desse algo para desenhar, não pararia de telefonar. Aparentemente, o editor Tom Brevoort sentiu compaixão pelo Andy e me ofereceu o Quarteto".

E qual será o destino de Howard Porter após o Quarteto Fantástico? Ainda não se sabe, mas não demorará tanto quanto dessa última vez. "Voltei em tempo integral", afirma. "Mas é um retorno que estou fazendo passo a passo. Enquanto estive fora, percebi que os quadrinhos preenchem um espaço na minha vida que estava vazio".

Mike Wieringo continua sendo o artista regular do título, e voltará após as seis edições de Porter.

Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA