Confins do Universo 208 - A mais imBATível galeria de vilões
OUÇA
[adrotate group="9"]
Notícias

Novo anúncio da Nike tem arte de Rafael Grampá

6 dezembro 2013

Rafael GrampáNo último dia 1º de dezembro, a empresa de materiais esportivos Nike apresentou sua nova propaganda para a campanha Ouse ser brasileiro, já como preparativo para a Copa do Mundo de 2014, destacando alguns jogadores da seleção brasileira de futebol.

Como acontece a cada quatro anos, os anúncios produzidos pela Nike chamam a atenção por fazer abordagens não convencionais. Neste ano, a campanha conta com a participação do quadrinhista Rafael Grampá, cuja arte foi animada em uma passagem do anúncio em que destaca o zagueiro David Luiz.

O Universo HQ conversou com Grampá sobre esse trabalho e como se deu a sua participação.

“Quando eles fizeram o convite, mandaram para mim o roteiro do filme e meu nome já estava lá. O roteiro veio em inglês e descrevia que, em certo momento do filme, entravam no 'mundo do Grampá'. Achei engraçado!”, relembra o desenhista. “Eu fiquei feliz com o convite, mas quase não aceitei, por causa de outros compromissos, prazo e por achar meio arriscado entrar em um projeto em que estavam propondo animar meu traço, que é muito detalhado e difícil de animar. Não queria me frustrar com mudanças de última hora por conta do prazo de produção. Mas eles insistiram e me deram segurança de que iriam fazer de tudo para respeitar meu estilo, então topei.”

A produção de sua parte no anúncio durou duas semanas. “Não sei quem fez a animação, sei que escolheram os caras certos. Criei o concept design dos personagens e os style frames da animação. Ou seja, alguns quadros que definiam o visual de tudo. No final fiquei feliz, pois foram super fiéis a tudo que criei”, afirmou.

Este não é o primeiro trabalho de Rafael Grampá na publicidade. Ele começou a trabalhar nessa área em 2004, ao se mudar para São Paulo. Foi diretor de animação e concept designer para estúdios de animação. Agora, após se tornar um quadrinhista famoso, revisita a antiga função.

“Não sinto que estou voltando para animação publicitária, para mim isso é outro momento. Antes, eu fazia o que a agência queria, qualquer traço, trabalhava como um funcionário e não assinava nada”, analisa.

“Desta vez, fui convidado como artista, fiz tudo com meu próprio estilo, foi bem autoral. Não vejo muita diferença entre trabalhar para a DC ou a Marvel, que também são duas marcas e seus personagens são produtos, do que trabalhar para a Nike ou mesmo Absolut. Tive a mesma liberdade autoral com essas marcas do que venho tendo com as editoras. Para mim, é o mesmo tipo de trabalho, contando as devidas diferenças”, explicou.

Assista à propaganda abaixo.

Ouse ser Brasileiro, por Rafael Grampá

[adrotate group="10"]
Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA