Confins do Universo 140 - Falam muito: o poder dos quadrinhos mudos! -
OUÇA
Notícias

Faleceu o cartunista Nani, da tira Vereda Tropical

8 outubro 2021

O cartunista Nani, criador da tira Vereda Tropical, morreu nesta sexta-feira, 8 de outubro de 2021, em Belo Horizonte/MG, aos 70 anos vítima da Covid-19.

Ele estava em isolamento desde o início do ano, em sua cidade natal. Além disso, fazia parte do grupo de risco, pois já havia feito transplante de fígado. Após ser infectado pelo Covid-19, foi internado há uma semana, na capital mineira.

Ernani Diniz Lucas, o Nani, nasceu em Esmeraldas, em 27 de fevereiro de 1951. Começou a carreira na década de 1970, como chargista. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1973 e foi um dos redatores dos programas humorísticos de Chico Anysio, na Rede Globo.

Na TV, também escreveu roteiros para os programas Casseta & Planeta, Sai de Baixo e Zorra Total.

Ao longo de sua carreira, passou por veículos como O Pasquim, O Globo, Jornal dos Sports, Última Hora, O Dia e colaborou com a versão brasileira da revista Mad.

Ficou conhecido pela tira Vereda Tropical, que era uma sátira da situação político-social da época, e que foi publicada em diversos jornais do Brasil na década de 1980. Dentre os personagens da tira, estão os indígenas Veizim e Turuna, Fernandias (paródia do bandeirante Fernão Dias) e os Três Reis Magos.

Nani também é autor de livros como Batom na cueca, É grave, doutor? e Humor politicamente incorreto.

O humorista era casado com Inez, com quem tinha dois filhos, Juliano e Danilo, e uma neta, Manuela.

Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA