Confins do Universo 140 - Falam muito: o poder dos quadrinhos mudos! -
OUÇA
Reviews

CONAN, O BÁRBARO # 23

1 dezembro 2004


Título: CONAN, O BÁRBARO # 23 (Mythos Editora) - Revista mensal

Autores: Asas do Terror - Roy Thomas (argumento), Mike Docherty e Ricardo Villagran (arte);

Inferno na Torre de Sangue - Roy Thomas (argumento) & John Buscema (arte).

Preço: R$ 4,40

Número de páginas: 48

Data de Lançamento: Dezembro de 2003

Sinopse: Asas do Terror - Após resolver sua contenda com os Senhores do Lótus, Conan retorna ao acampamento dos Companheiros Livres e é raptado pelo redivivo Culto da Noite.

Ele é levado de volta a Shadizar, a Perversa, para ser imolado pelo Deus da Noite, e descobre que o deus que ele havia matado há muito tempo deixara uma herdeira.

Conan é conduzido ao esconderijo da "deusa", para servir de alimento a seus filhotes. Mas como o cimério não gosta de ser forçado a fazer nada que vá contra sua vontade...

Inferno na Torre de Sangue - Conan e Sonja são prisioneiros na Torre de Sangue, cujos senhores são dois irmãos feiticeiros: Morophla e Uathacht.

A dupla de irmãos tem planos sinistros para os guerreiros, mas não contava com a astúcia de Conan e a valentia de Sonja.

Horrores, ilusões e uma fuga espetacular encerram esta aventura, mas seu final, ao menos para Conan, não é nenhuma novidade.

Positivo/Negativo: Muito boa a edição, com uma aventura inédita e outra clássica, além de três matérias especiais como presente de natal (embora bem atrasado).

A primeira história mostra uma sensível evolução no traço da dupla Docherty/Villagran; e a segunda vem com um erro de crédito, já que a finalização, claramente, não é de Ernie Chua, mas sim, possivelmente, de Pablo Marcos.

Quanto aos erros encontrados, confira abaixo:

Página 11, primeiro quadro, quarto balão: "...e nossas preces não nunca serão atendidas". Há um "não" sobrando.

Página 11, terceiro quadro, quarto balão: "... que simplesmente sangrava até um morte". O artigo indefinido antes de morte está errado!

Página 42, terceiro quadro, segundo balão: "Podem conjurar todos eles! Você não vai me derrotar!". Como o texto se refere a você, no singular, o verbo poder está flexionado de forma equivocada.

Classificação:

4,0

Leia também
Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA