Confins do Universo 138 - Não está no gibi; está nos livros! -
OUÇA
Reviews

CONAN, O CIMÉRIO # 37

1 dezembro 2007


Título: CONAN, O CIMÉRIO # 37 (Mythos
Editora
) - Revista mensal

Autores: Covil de Ratos - Timothy Truman (roteiro) e Cary Nord (arte), baseados na obra do criador de Conan, Robert E. Howard.

Preço: R$ 5,50

Número de páginas: 24

Data de Lançamento: Junho de 2007

Sinopse: A oeste de Zamora, em uma antiga e rústica cidade-estado, Conan e Nestor tentam sobreviver como ladrões independentes. Ao mesmo tempo, as autoridades vão fechando o cerco ao redor da intrépida dupla.

Ainda assim, Conan descobre uma nova maneira de levantar fundos para sua bolsa quase sempre vazia: o boxe hiboriano!

Positivo/Negativo: Para quem está acostumado a ver espadas ensangüentadas sendo empunhadas nas capas de Conan o Cimério, esta edição é um tanto ímpar, pois a cena dominante mostra o bárbaro e um antagonista engalfinhados em uma luta apenas com os punhos.

Cary Nord, no traço, e Richard Isanove, nas cores, apresentam uma capa pouco ortodoxa, mas que de qualquer maneira ilustra sangue a esguichar. A cena, indubitavelmente, é marcante.

Virando a página pode-se perceber que a arte de Nord, infelizmente, está em decadência, pois seus traços são quase caricaturescos, sem muita definição. Parece até que o artista está se tornando relapso ou preguiçoso.

Na página 12, primeiro quadro, Conan está usando faixas nos antebraços. Coisa que não fazia até então e que somente seria mostrada a partir da página 15, quando ele entra no ringue de lutas. Isso contradiz todo o detalhismo e atenção que Nord vinha dedicando ao desenho.

Pode-se até considerar isso como um erro banal, não fosse o evidente desleixo em muitas cenas apresentado. Um dos poucos méritos é quando o colorista Richard Isanove retrata o zamoriano Alvazar com a pele mais escura que a de Conan (segundo Robert E. Howard, o povo de Zamora era mais moreno que o da Ciméria) - coisa que foi negligenciada por Dave Stewart nas edições 17 a 34.

Além disso, o roteiro de Truman é instigante e apresenta muitos conceitos que foram apresentados em Hogues in the House, o excelente conto de Howard que está em vias de ser adaptado nesta revista (Inimigos em Casa, publicado em Conan o Cimério - Volume II, da Conrad). Por exemplo: a taverna que se chama Covil de Ratos e o personagem Petreus. Logicamente, a amante do cimério, a jovem Jiara, será a infeliz atirada em uma fossa, como descrito no texto original de Howard.

Encerrando a edição, mais uma sinistra participação de Bob Cano-Duplo.

Classificação:

4,0

Leia também
Já são mais de 540 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA