Confins do Universo 199 - O monstro. O mago. Um clássico.
OUÇA
Reviews

TEX # 434

1 dezembro 2006


Título: TEX # 434 (Mythos
Editora
) - Revista mensal
Autores: Mauro Boselli (roteiro), Guglielmo Letteri (desenhos) e Claudio Villa (capa).

Preço: R$ 4,90

Número de páginas: 112

Data de lançamento: Dezembro de 2005

Sinopse: O diadema indígena - Quando cavalgam pela pradaria, próximos da fronteira mexicana, Tex e Carson se deparam com uma perseguição, que resulta na morte do fugitivo, que portava um valoroso diadema.

Quando os heróis chegam a Rio Lobo com o cadáver, encontram medo e mistério.

Como era comum em muitos vilarejos do Velho Oeste, os xerifes facilmente trabalhavam em causas escusas, muitas vezes obrigados pelos chefões locais. Dessa feita, o "homem da lei" é um sujeito chato, preguiçoso e que dá pinta de não ser tão honesto.

Alguns homens se colocam na mira da morte para ganhar um punhado de dólares numa briga que certamente não lhes diz respeito, mas encontram páreo duríssimo nos dois rangers. Isso torna a aventura recheada de ação.

E a primeira parte termina com um contraponto: o manda-chuva da cidade não parece ser o vilão da vez... Seria o seu filho? O xerife?

Positivo/Negativo: A capa é belíssima, viva, autêntica. É quase possível ouvir o barulho dos vidros quebrados, o som dos tiros e Kit Carson dizendo "Por mil raios!".

O enredo já começa envolvente, com muitos assuntos em torno do diadema e boas seqüências com tiroteios e tentativas de assassinato orquestradas pelos bandidos, cujo chefe se mantém na sombra.

Boselli usa o artifício de tirar nossos heróis da cena principal e remetê-los para outro cenário, obrigando os bandidos a agirem em campo aberto, mostrando seu jogo.

Muito boa a trama na seqüência das serpentes, quando Tex é obrigado a usar de toda sua capacidade sensitiva para perceber e destruir os répteis, no tiro e na facada. E o que acontece com Carson garante momentos de humor.

Há até a clássica xícara de café atingida por uma bala inimiga e Carson prestes a atirar num interrogado antes mesmo de fazer as perguntas.

Letteri, que faleceu recentemente, embora não tenha mais a mão firme de outrora, ainda mostra competência. Especialmente porque esta é uma aventura a caráter para sua mais sublime capacidade: desenhar histórias de mistério.

 

Classificação:

4,0

Leia também
Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA