Confins do Universo 199 - O monstro. O mago. Um clássico.
OUÇA
Reviews

TEX – EDIÇÃO COMEMORATIVA DE MEIO SÉCULO DE AVENTURAS NO BRASIL

1 dezembro 2008


Autores: Gian Luigi Bonelli (texto das HQs) e Aurelio Galleppini (arte das HQs), Gonçalo Júnior (redator) e Mozart Couto (capa).

Preço: R$ 21,00

Número de páginas: 48

Data de lançamento: Novembro de 2002

Sinopse: O primeiro e único livro publicado sobre Tex no Brasil chegou às livrarias em 2002, para comemorar os 50 anos da chegada do personagem às nossas banca, quando surgiu categórico na 28ª edição da revista semanal Júnior, com o nome de Texas Kid, 25 de fevereiro de 1951.

A revista Júnior tinha o formato de talão de cheques e trazia aventuras com 32 tiras. Foi publicada ininterruptamente até julho de 1957, totalizando 235 edições.

Positivo/Negativo: O fato de ser singular torna a publicação especialíssima para os colecionadores que a possuem e um objeto de desejo para as novas gerações de texianos.

As informações bem agrupadas e confiáveis possibilitam uma rápida imersão no "planeta Tex" e servem de referência para pesquisas.

O livro traz informações valiosas sobre o personagem, como algumas datas importantes, a relação de todas as aventuras já publicadas (com mês e ano), uma série de revelações sobre a passagem do ranger pelas quatro editoras brasileiras (Vecchi, RGE, Globo e Mythos) que lançaram suas revistas e os três primeiros episódios de Tex, na íntegra.

Há também citações de colecionadores que viveram aquele momento e têm a coleção de suas aventuras desde os primórdios e muitas curiosidades, como os nomes dos desenhistas brasileiros que fizeram as capas da revista, na década de 1950.

E o fã de Tex pode ver como tudo começou na Itália por intermédio de um artigo de Sergio Bonelli, intitulado A redação na casa de meus pais, publicado originalmente na revista italiana Letture # 555, em março de 1999, e traduzido para este livro por Júlio Schneider.

Enfim, uma obra de consulta definitiva para os fãs do ranger.

O papel e a impressão são de muito boa qualidade e o formato aprazível, capas coloridas com abas, miolo em preto-e-branco, uma edição para figurar junto aos Tex Gigantes.

Com uma tiragem de meros mil exemplares, ainda é possível achar este livro em sebos e em sites de venda de quadrinhos.

Classificação:

4,0

Leia também
Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA