Confins do Universo 160 - Sandman: desvendando o Sonho
OUÇA
Reviews

THE SPECTACULAR SPIDER-MAN # 1

1 dezembro 2008


Autores: Lo, this monster! - Stan Lee (roteiro), John Romita (desenhos) e Jim Mooney (arte-final);

In the beggining... - Stan Lee (roteiro), Larry Lieber (desenhos) e Bill Everett (arte-final).

Preço: 35 cents

Número de páginas: 64

Data de lançamento: Julho de 1968

Sinopse: Lo, this monster! - Richard Raleigh, um promissor candidato à prefeitura de Nova York, surge no cenário político de maneira abrupta e avassaladora, conquistando a maioria do eleitorado e dos meios de comunicação.

Todavia, a idoneidade inatacável de Raleigh não é o que parece, como um certo escalador de paredes acabará descobrindo.

In the begining... - A origem do Homem Aranha é recontada.

Positivo/Negativo: Esta edição chegou às bancas norte americanas após ser amplamente anunciada nas revistas de linha da Marvel como um novo título regular para o Homem Aranha, somando-se a The Amazing Spider-Man.

Contudo, o diferencial desta publicação para os demais títulos era seu formato magazine, em preto-e-branco, com mais páginas (64, contra 17 a 22 das demais revistas) e a completa ausência de propagandas. O excesso de anúncios era uma característica irritante das revistas Marvel das décadas de 1960 a 1980.

Era praticamente impossível o leitor folhear duas páginas sem se deparar com duplas de propagandas. Às vezes, chegava-se a ter 50% de anúncios em uma edição. Felizmente, não é o caso desta publicação, o que contribui bastante para a dinamização da leitura.

O roteiro de Stan Lee é ótimo, e conduz a trama de modo a, literalmente, magnetizar o leitor. O grande mérito do autor foi saber explorar todo o potencial do vilão, numa trama interessante sobre o poder de manipulação da mídia e dos políticos nas sociedades contemporâneas. Um texto instigante e que permanece atual no século XXI, longe de redundar em puro escapismo.

Contudo, o que torna a leitura ainda mais prazerosa é a arte espetacular de Jon Romita Sr. Seus desenhos são ainda mais valorizados pela ausência de colorização, o que lhe permitiu demonstrar um magnífico domínio de iluminação nos painéis.

A segunda trama, uma recapitulação apressada da origem do Homem-Aranha, é dispensável. Parece ter sido feita apenas para preencher a cota de páginas da revista.

A destacar, apenas a inclusão de uma briga do jovem Peter Parker com alguns valentões de rua, no que talvez tenha sido um dos primeiros retcons da Marvel.

A linda (e clássica) capa da edição é uma pintura de Harry Rosenbaum sobre o lápis de John Romita Sr. Como curiosidade é interessante informar que Lo, this monster! foi republicada em 1973, em The Amazing Spider-Man # 116 a # 118, sob nova roupagem: alguns textos de Stan Lee deram lugar a novos diálogos, elaborados por Gerry Conway, e vários quadros foram redesenhados e adicionados por John Romita Sr.

Classificação:

4,0

Leia também
Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA