Confins do Universo 172 - Destaques de 2022
OUÇA
Filmes

Malena mostra ritos de passagem

21 março 2001

MalenaAssistir a Malena, o novo filme do diretor e roteirista Giuseppe Tornatore (de Cinema ParadisoOscar de melhor filme estrangeiro), é como estar numa roda de amigos, ouvindo uma boa história. E ninguém é melhor contador de histórias que Tornatore.

Seus filmes falam de situações do cotidiano de uma forma poética e sensível, proporcionando ao espectador uma diversidade de emoções. Vai-se do riso às lágrimas sem nenhum pudor. A nova produção do diretor e roteirista recebeu duas indicações ao Oscar: melhor fotografia, com Lajos Koltai; e melhor trilha sonora original, com Ennio Morricone.

Em Malena, Tornatore recupera sua melhor forma após A Lenda do Pianista do Mar, seu primeiro filme falado em inglês. Aqui, ele aborda as transformações vividas por um garoto de 13 anos, no final de 1941, durante a Segunda Guerra Mundial. Renato Amoroso (o estreante Giuseppe Sulfaro) e seus amigos não têm muito a fazer numa pequena aldeia da Sicília. Passam seus dias observando a bela Malena (Monica Bellucci) e tendo sonhos eróticos com ela. Lindíssima, a mulher desperta a cobiça dos homens e a inveja das mulheres.

Mas os garotos cultuam Malena, em especial Renato. Ele vive o seu primeiro amor com tal intensidade, que o espectador embarca com ele no romantismo. E Tornatore consegue mostrar, com muita eficiência, as angústias, desejos, sonhos e frustrações que um garoto passa em sua puberdade. Um dos símbolos daquela época, verdadeiro rito de passagem, era quando os meninos ganhavam a sua primeira calça comprida. Sim, porque eles usavam calças curtas, representativas da infância; e trocá-las significava ser mais respeitado pelos adultos.

Típica família italiana – Os sonhos de Renato colocam-no em situações conflitantes com seus pais. É uma típica família italiana, que resolve tudo aos berros e com muita discussão. Enquanto o pai sabe o que se passa com o garoto, a mãe acredita que ele está tomado por maus espíritos e busca até um exorcismo para curar o filho.

São cenas muito engraçadas. A situação é resolvida com o conhecimento de causa do pai, que leva o filho para seu primeiro relacionamento sexual num prostíbulo. Enquanto isso, as mulheres da aldeia caluniam Malena, enquanto seus maridos fazem de tudo para conquistá-la.

Tornatore também mostra o que acontecia com uma mulher muito bonita, enquanto o marido está na guerra. Quando ele é dado como morto, a vida de Malena torna-se um inferno maior. Os homens acreditam ter direitos sobre ela e o filme exibe o drama enfrentado pela personagem.

Há uma escorregadela no final, quando Tornatore deixa-se seduzir pelo senso de justiça, mas, mesmo assim, o filme é ótimo. A modelo Monica Bellucci tem poucas falas, porque o que lhe cabe é desfilar sua beleza pela tela, o que faz com extrema competência.

Nota

4,0

Links Sugeridos:
Malena – Site Oficial

Já são mais de 570 leitores e ouvintes que apoiam o Universo HQ! Entre neste time!
APOIAR AGORA